principais-cuidados-que-devo-ter-ao-usar-uma-fita-adesiva

Quais são os principais cuidados que devo ter ao usar uma fita adesiva?

Antes de pensarmos nos cuidados, é importante sabermos o que de fato é uma fita adesiva e quais são os modelos disponíveis no mercado, cada um com suas especificações de uso e aplicação. 

A fita adesiva é um material que possui basicamente dois componentes: superfície de base e adesivo. Essa base pode ser composta por diferentes superfícies, como polipropileno, papel, polietileno, etc. Usamos um adesivo chamado PSA, que significa adesivo de pressão em português. PSA é um material com adesivo, e devemos aplicar pressão sobre ele para “ativar” o adesivo. 

Hoje em dia existem diversos modelos de fitas adesivas no mercado, mas eles se apoiam em 2 “padrões”, as fitas de adesivo acrílico e as fitas de borracha. E como devemos saber quando usar cada tipo? Essa decisão sempre vai depender do tipo de aplicação que vai ser feita e do resultado esperado. Normalmente as fitas de acrílico são mais duráveis e apresentam um excelente resultado da adesão final, já as fitas de borracha são mais econômicas e versáteis, porém apresentam menos resistência.  

E como podemos avaliar a qualidade de uma fita? 

É importante termos em mente que a qualidade está totalmente ligada à aplicação correta do produto, mas existem alguns conceitos que podem ser avaliados antes da utilização para evitar prejuízos.  São eles:  

Coesão 

Nada mais é do que a força interna do material que impede que o material se desfaça, ou “caia” sozinho. 

Adesão Inicial 

Trata-se da força que o adesivo tem ao tocar na superfície. A importância desse conceito varia muito do uso, da aplicação ser feita em alta ou baixa velocidade e o quanto a coesão passa a ser mais importante. Por exemplo, em uma indústria que cola rótulos em cosméticos a adesão inicial é muito mais importante do que a coesão, diferente de placas metálicas coladas na estrutura de um ônibus, onde a coesão é a força mais importante. 

Adesão Final 

Basicamente é o tempo que um adesivo leva para atingir 100% da sua força de atração nas superfícies. Por exemplo, um adesivo de acrílico normalmente atinge sua força de adesão final após 72 horas. Antes disso não é possível ver o resultado real. 

Mas afinal, quais são os cuidados que devo ter ao usar uma fita adesiva? 

LIMPE!

É essencial que você limpe muito bem a superfície que o adesivo irá ser colado. Nessa hora, recomendamos que use um pano limpo e que não solte pelos embebido em álcool isopropílico. 

OBSERVE! 

Antes de comprar a fita é importante que você siga as dicas desse texto e observe o tipo de superfície. Em superfícies rugosas, por exemplo, geralmente são usados adesivos mais espessos. 

ANALISE! 

No momento da compra analise a grande diversidade de fitas que existem no mercado e escolha o modelo ideal para o seu projeto. Aqui na MHM nós temos inúmeros modelos de fitas adesivas, estão entre elas: 

  • Fita dupla face  

As fita duplas face são ótimas escolhas para um projeto que precise de rapidez, qualidade e economia de tempo do dia a dia. Elas não necessitam de tempo de espera para colagem, resistem a dilatações causadas pelo aumento de temperatura e são resistentes ao contato com água. Existem uma infinidade de tipos de fitas dupla face. Desde as mais grossas em espessura até as bem fininhas, para colar papel, por exemplo. 

  • Fita adesiva marrom 

Essa fita é forte e segura, ideal para o fechamento de caixas e envelopes. Entre suas características está um alto poder de fixação em diversas superfícies. Por ter essa qualidade, ela se torna ideal para fechar caixas de papelão, lacrar envelopes, prender produtos dentro da caixa para evitar o deslocamento durante o percurso. 

  • Fita cuidado frágil 

Essa fita é ideal para o fechamento de caixas e embalagens que precisem de uma atenção especial durante o transporte. Possui uma boa aderência e se torna a melhor escolha para fechar caixas de papelão e envelopes de segurança com eficiência e ainda garantir que sua encomenda receba mais cuidados que as demais. 

  • Fita Gomada 

A fita gomada para fechamento de embalagens é uma ótima opção na hora de fechar caixas de papelão, uma vez que depois de colada ela torna a embalagem inviolável, protegendo toda a encomenda durante o transporte.  Essa fita é produzida em papel kraft, com adesivo a base de cola vegetal e gramatura de 80g, podendo contar também com a sua versão com reforço.  

Uma das principais vantagens de fita gomada é possuir uma aplicação fácil, com aparelhos de fácil manuseio e muito seguros. É bom ressaltarmos que para que a fita gomada tenha mais eficiência, é indicado que o cliente utilize equipamentos que agilizam o processo, como por exemplo, o dispensador de fita gomada. 

  • Fita cromada 

A fita cromada é ideal para isolamentos de caixas de isopor, ar condicionados e personalização de veículos. Além disso, ela é bem conhecida na indústria, principalmente porque tem alta adesão, boa resistência ao cisalhamento e resistência a altas temperaturas. Quando a demanda de trabalho precisa da eficiência no aquecimento e no resfriamento de superfícies condutoras de calor, a utilização desse material é imprescindível uma vez que essa fita não derrete, não gruda e não perde a adesão. 

CERTIFIQUE! 

Sempre se certifique que a fita foi pressionada corretamente e se seu tempo de adesão foi respeitado. 

Aqui na MHM, nós te garantimos a escolha certa da fita adesiva ideal para você! Nossa equipe conta com grande conhecimento nessa área e te asseguramos que você está levando para casa a fita perfeita para o seu projeto e com a melhor qualidade do Brasil! 

Siga a MHM nas redes sociais para acompanhar nossas novidades! @mhmcaixas